Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ATACANDO MEU SOGRINHO CEGO

Meu nome e Bela(ficticio) tenho 24 anos,tenho 1,70 cabelos e olhos castanhos,seios pequenos,mais um corpo desejável...sou casada e moro em um quartinho nos fundos da casa dos pais de meu marido,minha sogra é como se fosse uma mãe pra mim,ela trabalha com doces e salgados as vezes trabalha em casa mesmo e outras vezes com uma sácia,meu sogro é aposentado pois ficou cego de um olho(esquerdo),minha cunhada é enfermeira e passa a semana numa cidade perto daqui nás moramos e sá volta para casa no final de semana,meu marido trabalha também numa cidade proxima, ele sai por volta de 5hs da manha pois ele vai e volta todos os dias e eu também trabalho mais sá saiu depois das 9hs da manha pois o negácio e práprio e quem abre e uma funcionária....aqui sempre tivemos uma relaçao muito aberta,tanto que falamos de nossos momentos intímos,minha sogra é um tanto desbocada e sempre fala alguma coisa do tipo:que o marido deixou ela arregaçada ,que ele tem uma anaconda entre as pernas e isso sempre me deixava exitada pois adoro um pica grande, e meu sogro é um coroa bem apresentável....mais vamos ao que interessa...

à algumas semanas atrás meu sogro teve que fazer uma cirurgia no outro olho pois estava em risco de perdê-la também,certo dia quando eu estava indo trabalhar,percebi que minha sogra e a funcionária que ajuda ela não estavam,tudo bem pois as vezes elas saim para a casa da sácia para trabalhar por lá e fui embora para o trabalho mais esqueci meu celular e voltei para pega-lo quando voltei passei em frente ao quarto de meu sogro e ouvi uns gemidos meio que suspeitos me aproximei da porta para tentar ouvir mais alguma coisa mais não dava pra enteder bem o que estava acontecendo, como ele é cego de um olho e o outro estava com um tampão por causa da cirurgia resolvi abrir um pouco mais a porta e para minha surpresa ele estava se masturbando na hora fiquei toda molhada,bem que minha sogra falava que anaconda grande,fiquei ali na porta totalmente paralisada olhado aquela cena maravilhosa.. eu estava vestindo um vestido de malha um pouco acima do joelhos e uma calcinha bem pequena fiquei tão exitada que fastei um pouco a calcinha e comecei a me tocar fiquei muito exitada que deixei sair um leve gemido,o que fez com que ele ficasse um pouco constrangido e parar com o que estava fazendo não podia deixa-lo sem o prazer que ele tanto desejava,então me aproximei dei um leve beijo e segurei firme seu mastro em minha mão e fui levando a boca,meu sogro ficou anestesiado com aquela situaçao que nada fez apenas se deixou levar pelo prazer que queria sentir...chupei de meneira que ele chegava a urrar de prazer ele por sua vez passou a acariciar meus seios e depois a minha rachadinha seus dedos parecian saber o que fazer,fiquei tão doida que puxei ele para beira da cama me sentei em sua pica grande e dura e comecei a cavalgar,fiquei em cima dele por um bom tempo o velho gemia e me xingava baixinho....beijava minha nuca e segurava meus seios parecia nunca ter sentido, ele me tirou de cima dele me colocou de quatro sobre a cama e me enfiou a pica de uma so vez depois tirava tudo e empurrava de uma vez e ficou assim por algum tempo depois anunciou que iria gozar pedi para que gozasse em meu cuzinho pois eu queria sentir aquela anaconda dentro do meu cuzinho e assim ele fez,senti que seu pau amoleceu um pouco,entao pedi que sentasse na cama e comecei a chupa-lo novamente e aos poucos ele foi crescendo e chupava como se chupa um sorvete,passava a lingua por toda sua extensao lambia seu saco e quando percebi que estava pronto pedi para pincelar um pouco com seu pau entre minha buceta e meu cú e ele ficou pincelando até sentir que eu estava pronta pra receber aquele rolo de carne masciça em meu cú,ele me pôs de quatro e comecou a forçar e enfiar aos poucos, primeiro a cabecinha e depois foi forçando mais e mais..depois de alguns minutos já estavamos em um ritimo inexplicavel nunca senti tanto prazer, com uma das mãos brincava com minha xotinha e com a outra puxava meus cabelos e me chamava de vadia..aquilo me levava ao delirio tive vários orgasmos como a muito tempo não sentia ficamos assim até ele gozar,pedi para que gozesse dentro de meu cuzinho e assim ele fez,encheu meu cuzinho de eporra e caiu sobre a cama não tinha mais forças para nada,perdi a hora,sai de seu quarto sem nada dizer fui até o meu tomei um banho me arrumei e quando eu ia saindo pra ir para o trabalho me deparei com ele na porta de meu quarto felei que aquilo tudo era uma grande loucura que não podia mais acontecer,então ele me deu um beijo e falou que queria mais e que queria quando ele ja estivesse sem o tampão no olho para ver tudo,já que dessa vez foi tudo sá sentido por ele,então ele me deu mais um beijo tocando em minha xana e falou que jamais esqueceria aquilo..

depois disso já tivemos varias tranzas,algumas vezes em casa outras em um motel já que nem sempre temos a liberdade de fazermos em casa...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos sequestroloira cris casada fode com negao contos eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos erotico a calcinha da vofrancisca metendo chifrecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casapapai me come porfavor contos eroticoscantos erótico só dei do Forró Bombadocontos eroticos cheguei em casa mais cedoConto ninfeta narra como se prostituiaconto erotico gravida molequecontos eroticos claudiamauvado tirando cabasso da noivaViadinho Estuprado no assalto Contos Eróticoscontos de travesti no onibuscontos eroticos arrombando o cuzinho da garconeteNo motel os dois cabaços das duas amigas da minha filha conto eroticocontos eroticos mulheres de 60 anos gostosas fudendo no estupro e gostandoconto erotico traindo a namorada debaixo das cobertas no escuroque enganaram e comeram meu cu sem pena contosconto erotico masculino gay " ajuda que o padre queria"quero seducir minha sogar para fudelaconto erótconto lesbicscunhada na cadeia contoscontos eroticoso cu da cadelinhacontos eroticos de professorascontos fudi minha cunhada emplena lua de melConto picante familia incesto agressivo bisexual agressivoporno club conto eroticos de meninos gayscontos de engates gays maduroscontos de bichinha dando pra negaofui com minha namorada e transei com minha tia conto eroticobuceta na praia toninhasconto tia gostosa de microcalcinhaporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtircontos gay chupei varios na saunacontopaugrandecontos eroticos. um negao pescador e a garota perdidacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos pornos irmas naturistasPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosme comeram contos teenContos eroticos namoradas sendo realizadas por pintudocontos porno esposas estuprados submissoscontos eroticos de menina adolecente transando com homem maduro e bem dotadoconto erotico velho tarado cachorrocontos de cú de irmà da igrejacontos eroticospica grossa rasgando bucetaPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosconto sonho de ser puta por um diavideornposscontos de cú por medoBrincando com os leitores contos eroticoscontos eroticos sequestrocontos eroticos peitos sadomasoquismofogosas do funk de sainhaContos reoticos minha vizinha sua irma e seus filhasa minha mulher e o casetao cavalarcontos eroticosmenininhas dando rabinhoContos eroticos com a mae da namoradacontos gay com moto táxinoite com a cunhada casada contosconto sem calcinha a troco de docecontos a mulher do meu amigo queria um pau grandeCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESColocou dentro contos eroticoscontos eroticos peitos sadomasoquismocontoseroticos minha sobrinha dizia aiiiiiiiiiiiiii comto erotico enteada na cachoeraconto erotico com meu sogro peladocontos eróticos minha calcinha bi matoconto bricano com o primho de esconderele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadecontos eroticos peitos sadomasoquismominha enteada inocente conto eroticoGay contos pastorcontos eróticos, esposa safada, puta dos patrõesporno conto relava aquele peito em mimcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaO amigo dele me comeu contosFiquei parado olhando a bunda delacontos eróticos coroas dormio e fudia no ônibusminha tia so de roupao contos eroticosfui enganado por varias travestis contos